quarta-feira, 6 de maio de 2009

***

Triste,
só,
vão
pensamento que atormenta
a existência!

Falta,
cadência,
vivência
um bocadinho de ti!

Dorme,
tranquilo,
sem te importunar,
sem te tocar!!

Chora
o coração,
até secar..
Inquieta-se a mente,
até já nem sentir!!

Frio
o pensamento,
adormece
o coração!

E que mais...
A tristeza devia ser um estado de espirito passageiro...


By AP

1 comentário:

Ana Carvalho disse...

Oi miga, os teus poemas revelam algo de engigmático :). Tu escreves dando-lhe um sentido próprio só teu, e é isso que os torna autênticos.
Um grande beijinho para ti :)